Crianças felizes precisam de pais felizes e dispostos a aprender!!

— Liliana Marques

Liliana Marques

A minha história

Cresci entre a pequenada e não me lembro de um dia em que não procurasse ter a companhia dos mais novos da família. Gostava das brincadeiras, das risadas e de tudo quanto aprendia com eles. E esse mundo trouxe-o comigo ao longo do meu crescimento. Sou feliz assim, entre os mais pequenos…!! Porque, com eles, aprendo, todos os dias, sobre o que é sermos grandes!!

Aos 14 anos de idade já sabia que queria ser professora e, a partir, jamais larguei o sonho. Tornei-me educadora de infância e aí descobri que o mundo que já gostava ainda era maior do que imaginava!

Quis aprender tudo sobre ele. Quis saber tudo sobre como é estarmos rodeados do mais novos e vivermos as melhores coisas dos dois mundos. O nosso e o deles!

Até que fui mãe. E os desafios tornaram-se maiores. Já não bastava saber para aplicar na sala de aula. Agora precisava de estender isso até casa, mas sem nunca deixar de ser mãe.

Descobri que podia aliar muita da minha formação ao sentido de ser mãe e viver a paz que, já antes, havia criado dentro das salas de brincadeiras lá da escola!

A verdade é que sermos mães é muito diferente de sermos educadoras de infância. Os desafios são maiores, porque eles, os nossos rebentos, também nos desafiam de forma mais intensa… a cada hora, a cada minuto, em todos os segundos!!

E eu queria viver a minha maternidade e a minha família com a paz e tranquilidade que merecia, que a minha filha merecia, que nós merecíamos. Agarrei-me ainda mais aos livros e às formações especializadas, apurei o meu sentido de perspicácia para testar métodos e técnicas e, sempre juntando, os tão merecidos e necessários mimos. Encontrei o que procurava no equilíbrio entre a imperfeição, o erro e a experiência de cada um.

Pois que isto de ser mãe e pai nunca é perfeito, nunca é isento de erros e nunca é igual para todas.

Mas quando percebemos e interiorizamos isto e lhe juntamos estratégias, ferramentas e técnicas adequadas, encontramos o caminho para os momentos felizes, harmoniosos, equilibrados. E, concluímos que, às vezes, a imperfeição e o erro são bênçãos, porque nos permitem voltar a tentar e ajustar.  

Hoje, sou mãe, sou educadora de infância, mas também uma formadora de pais. Porque, nisto de termos crianças felizes só é possível com pais felizes, informados e dispostos a aprender… também com os filhos!!

Queres aprender também?

EBOOK GRATUITO

15 atividades para fazer com as crianças e fugir aos écrans

Neste E-BOOK vais encontrar 15 atividades para usares com as crianças em alternativa aos écrans.

.